@nálise de Sistem@s UVA

  • IDJ
  • IDJ
  • IDJ
Graduação Tecnológica em Análise e Desenvolvimento de Sistemas de Aracati-CE 
You are here:

A Evolução dos Computadores – As gerações de evolução

 

 

Primeira Geração (1946-1959)

A primeira geração de computadores modernos tinha como principal característica o uso de válvulas eletrônicas, possuindo dimensões enormes. Eles utilizavam quilômetros de fios, chegando a atingir temperaturas muito elevadas, o que freqüentemente causava problemas de funcionamento. Normalmente, todos os programas eram escritos diretamente na linguagem de máquina. Existiram várias máquinas dessa época, contudo, o ENIAC foi a mais famosa delas.

Características principais da primeira geração:

· Circuitos eletrônicos e válvulas;

· Uso restrito;

· Precisava ser reprogramado a cada tarefa;

· Grande consumo de energia;

· Problemas devido à muito aquecimento.

 

 

Segunda Geração (1959-1964 )

Na segunda geração, houve a substituição das válvulas eletrônicas por transistores, o que diminuiu em muito o tamanho do hardware. A tecnologia de circuitos impressos também foi criada, assim evitavam que os fios e cabos elétricos ficassem espalhados por todo lugar. É possível dividir os computadores desta geração em duas grande categorias: supercomputadores e mini-computadores.

Várias linguagem foram desenvolvida para os computadores da segunda geração, como Fortran, Cobol, Algol.

Características principais da segunda geração:

· Início do uso comercial;

· Tamanho gigantesco;

· Capacidade de processamento muito pequena;

· Substituição das válvulas eletrônicas por transistores.

Terceira Geração (1964-1970)

Os computadores desta geração foram conhecidos pelo uso de circuitos integrados, ou seja, permitiram que uma mesma placa armazenasse vários circuitos que se comunicavam com hardwares distintos ao mesmo tempo. Desta maneira, as máquinas se tornaram mais velozes, com um número maior de funcionalidades. O preço diminuiu consideravelmente

O IBM 360/91 lançado em 1967 foi um grande sucesso de vendas. Esta máquina já trabalhava com dispositivos de entrada e saída modernos para a época, como discos e fitas de armazenamento, além da possibilidade de imprimir todos os resultados em papel.

Características da terceira geração:

· Surgem os CI (Circuitos Integrados);

· Diminuição do tamanho;

· Maior capacidade de processamento.

 

Quarta Geração (1970 até hoje)

A quarta geração é conhecida pelo advento dos microcomputadores e computadores pessoais, com a redução drástica do tamanho e preço das máquinas. As CPUs atingiram o incrível patamar de bilhões de operações por segundo, permitindo que muitas tarefas fossem implementadas agora. Os circuitos acabaram se tronando ainda mais integrados e menores, o que permitiu o desenvolvimento dos microprocessadores. Quanto mais o tempo foi passando, mais fácil ficou comprar um PC. Nesta era, os softwares e sistemas se tornaram tão importantes quanto o hardware.

Características da quarta geração:

· Surgem os softwares integrados;

· Processadores de Texto;

· Planilhas Eletrônicas;

· Gerenciamento de Banco de Dados;

· Gráficos;

Gerenciadores de Comunicação

 

Imprimir PDF

Voltar ao Topo

Login

Copyright © Análise e Desenvolvimento de Sistemas 2009-2012

Turma 2009.2